A SECA E A ÁGUA NO NORDESTE BRASILEIRO

Devemos saber que virou um modismo dizer que o “El Nino”, é o único culpado pela seca do Nordeste, pelo fato de ter sido o ano de 1998, o Ano Internacional dos Oceanos e o Pacífico ser bastante estudado devido o elevado desenvolvimento do Japão, Austrália e os Tigres Asiáticos, desprezando as pesquisas para os […]

Continue lendo

Reflexões sobre enchentes no Baixo Jaguaribe

Cassio Borges borgescassio@hotmail.com Engenheiro civil, especializado em Hidrologia e Recursos Hídricos No último artigo que publiquei no O POVO, no dia 13/3/2017, eu escrevi que “o açude Castanhão, além de regularizar vazões, foi previsto para controlar enchentes no Baixo Jaguaribe”. Para isso, o extinto Departamento Nacional de Obras de Saneamento (DNOS) destinou um volume em […]

Continue lendo

PALESTRA DO DIRETOR-GERAL DO DNOCS NA ACADEMIA CEARENSE DE ENGENHARIA

Cássio Borges borgescassio@hotmail.com Engenheiro civil, ex-diretor Regional do Dnocs e de sua diretora de Estudos e Projetos Ontem, dia 5 de junho, tivemos em nossa Academia de Engenharia uma interessante palestra do Diretor Geral do DNOCS, engenheiro Ângelo Guerra, tendo ele falado sobre os mais variados assuntos relacionados às atividades daquele Departamento Federal, especialmente sobre […]

Continue lendo

O CEARÁ AQUÁTICO I (1997)

Cássio Borges borgescassio@hotmail.com Engenheiro civil, ex-diretor Regional do Dnocs e de sua diretora de Estudos e Projetos Decorridos são mais de cinco anos desde quando o ilustre Secretário de Recursos Hídricos do Estado do Ceará, Hypérides Macedo, anunciou, pela primeira vez, um financiamento do Banco  Mundial (BIRD) para o seu denominado “Projeto de Interligação de […]

Continue lendo

O CEARÁ AQUÁTICO II

Cássio Borges borgescassio@hotmail.com Engenheiro civil, ex-diretor Regional do Dnocs e de sua diretora de Estudos e Projetos Continuamos trazendo, para o conhecimento do leitor, outras manifestações do atual Secretário de Recursos Hídricos do Estado do Ceará, Hypérides Macedo, sobre o  delicado e preocupante tema dos recursos hídricos deste Estado. Como vimos no artigo anterior, o […]

Continue lendo

Açude Castanhão: bendito erro

O açude Castanhão tem duas finalidades não comuns nos demais construídos pelo Dnocs na região nordestina. A primeira é a regularização de vazões para uso múltiplos, e a segunda, para o controle das enchentes do Baixo Jaguaribe. Para esta última, os projetistas destinaram um espaço na sua bacia hidráulica, da cota 100m à cota 106m, […]

Continue lendo

O problema do Nordeste é social, mais do que econômico

Existe uma enorme e abismal diferença da forma de atuação da CODEVASF, de um lado, e do DNOCS do outro lado. A primeira entidade exerce as suas atividades no Vale do Rio São Francisco, um rio perene, sem limitações de água, a outra utiliza as escassas águas acumuladas nos açudes por ele construídos ao longo de sua […]

Continue lendo

OS POÇOS DO DNOCS

Cássio Borges borgescassio@hotmail.com Engenheiro civil “O Brasil seria mais feliz se toda a corrupção que o devora se restringisse aos poços do Dnocs” Em reunião da Associação dos Servidores do Dnocs no último dia 25/8, tomei conhecimento de um fato que determinado deputado teria feito denúncia segundo a qual “o Dnocs estaria utilizando critérios políticos […]

Continue lendo

Estudando a Seca do Nordeste II

Por Evandro Bezerra Engenheiro Agrônomo – Diretor de Ação Social da ASSECAS Vários fatores podem ser elencados no estudo da seca no Nordeste Semiárido Equatorial. Além dos elementos climáticos e meteorológicos levamos em consideração: os oceanográficos, os geológicos, os desmatamentos, as trocas energéticas atmosfera-solo-água, os prognósticos do tempo e correntes aéreas, consignando as observações de técnicos […]

Continue lendo

Estudando a Seca do Nordeste I

Por Evandro Bezerra Engenheiro Agrônomo – Diretor de Ação Social da ASSECAS Examinando o Mapa Mundi com relação ao clima nos deparamos com quatro zonas climáticas da Terra, onde o Nordeste brasileiro é geograficamente Equatorial e climaticamente Tropical. Assim a nossa região Nordeste deveria ser também climaticamente Equatorial como a Amazônia superúmida onde chove quase 3000ml […]

Continue lendo